CBF permite volta aos treinos e avalia retorno de estaduais para maio

Segundo o presidente da CBF, Rogério Caboclo, a volta de alguns estaduais nos dias 16 e 17 de maio depende de autorização dos governos

por Agência Futebol Interior

Brasília, DF, 29 (AFI) - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) indicou que quer a volta do futebol em 16 de maio. Em reunião realizado nesta terça-feira com as federações, a entidade deu o aval para que os clubes encerrem as férias coletivas nesta quinta-feira e retomem os treinamentos na sexta-feira, respeitando as medidas de segurança.

DIÁLOGO

Segundo o presidente da CBF, Rogério Caboclo, a volta de alguns estaduais nos dias 16 e 17 de maio depende de uma conversa com os dirigentes dos clubes e da autorização dos governos estaduais e autoridades sanitárias.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Apesar da vontade da CBF, o presidente do Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro (Saferj), Alfredo Sampaio, não se mostrou muito otimista.

É uma decisão que vai depender do posicionamento do governo estadual. Não há como estipularmos uma data para voltar no dia 17. E se a pandemia não tiver diminuído?

Sabemos que há necessidade do retorno, para que os clubes voltem a ter cotas de TV e que os estaduais terminem. Mas não adianta querer acelerar sem a confirmação do governo e do departamento de saúde”, disse em entrevista à Rádio Itatiaia.

FÉRIAS COLETIVAS

Com a pandemia do novo coronavírus, os clubes decidiram dar férias coletivas, inicialmente até 21 de abril, mas que se estendeu até o fim do mês. A Comissão Nacional dos Clubes (CNC) também se reuniu virtualmente e decidiu não prorrogar as férias. O retorno dos treinos será avaliado em cada caso e respeitando as determinações das autoridades locais.