Alagoano: Artilheiro das Arabias marca novamente e é terceiro maior no Brasil

Patrick Fabiano tem nove gols na temporada de 2019 pelo CSA-AL

por Agência Futebol Interior

Maceió, AL, 14 (AFI) - A equipe do CSA-AL venceu o Asa-AL por 3x1 nessa última quarta-feira (13), e recuperou a liderança do campeonato alagoano a agora some 13 pontos e mantém seu rival CRB na segunda colocação também com 13 pontos, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Cabo vem de 05 jogos invicto na competição e já está classifica para semifinal.

Um dos destaques na vitória do CSA diante do Asa foi o atacante artilheiro Patrick Fabiano que chega a 05 gols na competição é o vice artilheiro do campeonato e é o terceiro goleador no Brasil com 09 gols, são 04 gols pela Copa do Nordeste e 05 pelo estadual, o primeiro da lista é Edson Cariús (Ferroviário) e Gilberto (Bahia), ambos com 12 gols, artilheiro do CSA vem na terceira posição ao lado de Ricardo Oliveira (Atletico) com 09 gols.

Veja mais do Artilheiro das Arábias.

Patrick Fabiano,um dos maiores goleadores do Oriente Médio. Ao todo, foram 179 jogos e 134 gols. Ele também passou por México e Bolívia. Ao longo da carreira, são 317 partidas e 255 tentos.

O atacante teve poucas oportunidades no futebol brasileiro: começou na base do Palestra de São Bernardo do Campo e passou pelo Sub 17 do Guarani. Se profissionalizou no Grêmio Mauaense até se transferir para o futebol boliviano, em 2007, para jogar pelo Destroyers, onde fez 19 gols em 22 jogos.

No país, ainda passou pelo Blooming. Em 2009, foi jogar no México, atuando por Tecos e Estudientes.

No Oriente Médio, o atacante brilhou: assinou contrato com Al-Nasr, do Kuwait, no final de 2009, e fez 18 gols em 22 jogos.
Em 2010, Patrick Fabiano foi jogar no Al-Lhaleej, dos Emirados Árabe Unidos - nas duas temporadas, anotou 56 tentos em 41 partidas. Chamou atenção do Athetico Paranaense, que o trouxe em 2012.
Ainda naquele ano, retornou ao EAU para defender o Hatta, fazendo 27 gols em 31 jogos; pelo Al-Fujairah, foram 31 partidas e 20 tentos. Em 2014, voltou ao Kuwait, fazendo 77 gols em 100 partidas pelo Kazma. O último clube que defendeu antes do CSA foi o Al-Salmyia, com dez tentos em dez rodadas.