Athletico-PR contrata atacante de time rebaixado no Paranaense

Essa foi a primeira venda de atleta realizada pelo clube maringaense, que ainda ficará com 30%

por Agência Futebol Interior

Maringá, PR, 11 (AFI) - O Maringá confirmou na manhã desta quinta-feira a venda de 70% dos direitos econômicos do atacante Romulo da Cruz, de 17 anos, ao Athletico Paranaense. Essa foi a primeira venda de atleta realizada pelo clube maringaense, que ainda ficará com 30% dos direitos do atleta para uma futura venda.

Romulo da Cruz foi artilheiro do Campeonato Paranaense sub-17 em 2018 pelo Maringá FC e, após ser emprestado ao time da capital, seguiu realizando bons jogos e impressionando o Athletico, fazendo com que a equipe exercesse, de forma antecipada, a compra dos seus direitos econômicos. O empréstimo tinha validade até 31 de janeiro de 2020.

Segundo o diretor de futebol do MFC, Paulo Regini, o atleta é uma grande promessa e tem potencial para se tornar um grande jogador do futebol brasileiro.

“Foi um primeiro passo do Maringá FC, nossa intenção é valorizar atletas da região e o Romulo é um exemplo disso. O jogador foi muito bem nas nossas categorias de base em um excelente trabalho do Alex Santos (Gerente da base do MFC) e isso fez com que o Athletico e outros clubes, inclusive um do Japão, se interessassem pelo seu futebol. Após o empréstimo, o jogador seguiu realizando bons jogos e chegamos a um acordo bom para o Maringá, o Athletico e o próprio Romulo. Ele tem tudo pra se tornar um grande jogador”, explicou Regini.

Romulo da Cruz acerta com Athletico - Maringá
Romulo da Cruz acerta com Athletico
HISTÓRIA
E venda do atleta foi a primeira transação que envolveu direitos econômicos de um jogador do Maringá, agora, o time maringaense espera se estruturar cada vez mais para realizar outras transações envolvendo atletas para grandes equipes do Brasil e do mundo.

“O Maringá FC esta trabalhando para que esse tipo de negociação se torne cada vez mais comum no dia a dia do clube. Se posicionar como vitrine para grandes clubes é um dos nossos pilares de trabalho. Esse tipo de negociação é importante para que o MFC seja reconhecido como um celeiro de talentos também para outros clubes e com isso atrair cada vez mais atletas jovens e de qualidade para nosso elenco”, explicou o diretor financeiro do MFC, Clério Júnior.

Outro atleta que segue emprestado e o clube possui preferência de compra é o meio-campista Pedro Gomes, de 23 anos, que está no Osters da Suécia. O atleta foi um dos destaques do MFC no Paranaense e Série D de 2018.