Ex-Ponte é anunciado pelo Athletico: "Feliz por estar em um grande clube"

Ele teve uma ascensão rápida na Ponte Preta. Em menos de um ano, passou pelos times Sub-17 e Sub-20, e chegou ao profissional

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 14 (AFI) - O Athletico Paranaense tem mais uma opção para montar o meio de campo. Nesta semana, o Clube acertou a contratação do meia Ravanelli, de 22 anos. Revelado pela Ponte Preta, o jogador estava há três anos no Akhmat Grozny, da Rússia. O contrato de empréstimo com o Furacão será até fevereiro de 2021.

“Agradeço ao Athletico por acreditar em mim. Estou muito feliz com esse acerto”, disse o novo reforço. “Brinco que foi aos 45 minutos do segundo tempo, antes de fechar a janela internacional. Mas deu tudo certo e estou contente por poder vestir a camisa de um grande clube brasileiro”, completou.

Ravanelli teve uma ascensão rápida na Ponte Preta. Em menos de um ano, passou pelos times Sub-17 e Sub-20, e chegou ao profissional. Em 2016, fez a primeira partida na equipe principal. No ano seguinte, disputou o Brasileirão pelo time de Campinas, defendeu a Seleção Brasileira Sub-20 e depois foi negociado com o Akhmat Grozny.

“Foi uma experiência muito diferente. Eu aceitei, porque queria conhecer novas culturas, um outro futebol. O primeiro ano foi mais de adaptação. Depois consegui aproveitar e pude evoluir em muitos aspectos, principalmente na marcação, até porque o futebol russo é de muita força”, avaliou.

Ravanelli foi apresentado pelo Athletico
Ravanelli foi apresentado pelo Athletico
EXTERIOR!
Mesmo no exterior, Ravanelli viu de longe as últimas conquistas athleticanas, que incluiu títulos estaduais, nacionais e internacionais.

“Saí do Brasil em 2017, mas consegui acompanhar os últimos títulos do Athletico. O Clube vem em uma crescente muito boa. Vai seguir evoluindo e espero conquistar títulos também”, disse.

Para ajudar a equipe do técnico Dorival Júnior, o meia aposta na evolução que teve fora do país nos últimos três anos. “O Athletico, quando não tem a bola, todos marcam. Com a bola, mantém a posse e tenta sempre jogar. Esse é um pouco do meu jogo e acho que vai casar muito bem”, afirmou.

No CAT Alfredo Gottardi, Ravanelli reencontrou o meia Léo Cittadini, com quem conviveu na Ponte Preta e disputará posição no Furacão.

“Já falei com o Léo e vai ser legal poder jogar com ele”, disse. “O Clube terá pela frente três competições. São muitos jogos e todos precisam estar preparados, para ajudar sempre que preciso”, finalizou.