Técnico revela que 'sumiço' causou a saída de atacante ex-Vasco do Avaí

"Aconteceu do Kelvin ficar um período bem longo sem responder, sem entrar em contato com a comissão técnica"

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 28 (AFI) - A saída do atacante Kelvin do Avaí causou um pouco de surpresa na última semana, mas o técnico Rodrigo Santana esclareceu a situação. Em entrevista à Rádio Avaí, ele afirmou que a falta de comprometimento do atleta durante a pandemia foi o motivo de sua saída.

"No período em que a gente ficou sabendo da pandemia, criamos alguns protocolos de treinamento e aconteceu do Kelvin ficar um período bem longo sem responder, sem entrar em contato com a comissão técnica. Isso me chateou.

Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC
Foto: André Palma Ribeiro / Avaí FC
Temos um comprometimento muito grande com o trabalho e naquele momento notamos que o Kelvin não estava tão comprometido", revelou o treinador.

A contratação do atacante Renato também ajudou a confirmar a saída de Kelvin, visando equilibrar o orçamento neste momento de crise.

Contratado em fevereiro, Kelvin fez apenas quatro jogos e não marcou nenhum gol com a camisa do Avaí.

O Avaí se classificou na liderança do Estadual Catarinense e, agora, enfrentará a Chapecoense nas quartas de final. O mata-mata, porém, ainda não tem data e nem horário definidos. O mesmo vale para a Série B que deveria ter começado no início de maio.