Clube do Brasileirão vai na contramão e não reduzirá salário de jogadores

Massa Bruta também dará férias coletivas a partir de 1º de abril até dia 20

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 30 (AFI) - O Red Bull Bragantino está com os cofres cheios desde que iniciou a parceria com a empresa austríaca. De volta à Série A do Campeonato Brasileiro após mais de duas décadas (22 anos), o time de Bragança Paulista prometeu não reduzir o salário dos jogadores, indo na contramão dos demais clubes.

O futebol mundial está paralisado desde a metade de março por causa da pandemia do coronavírus. Muitos clubes prometeram reduzir o salários dos atletas já nos vencimentos atuais. Alguns pensam em reduzir em abril, uma vez que darão férias coletivas até o próximo dia 20.

O Red Bull Bragantino, porém, não reduzirá nada. Em nenhum mês. Os atletas seguirão recebendo integralmente todo o salário. O Massa Bruta também dará férias coletivas a partir de 1º de abril até dia 20.

Sem cortes. (Foto: Divulgação)
Sem cortes. (Foto: Divulgação)
O Paulistão está paralisado por causa do COVID-19. Líder do Grupo D, o RB Braga já está classificado às quartas de final. Quando o Estadual voltar, o time do interior fará um duelo de classificados contra o São Paulo no Morumbi.