Série D: Após vice na Recopa, Waguinho Dias exige foco total do Brusque por acesso

Time catarinense depende de vitórias simples diante do Boavista, na segunda-feira, para avançar às quartas de final do torneio nacional

por Agência Futebol Interior

Brusque, SC, 05 (AFI) - A dinâmica do futebol proporciona superações em curto espaço de tempo. É neste dilema em que o Brusque se apega para deletar a decepção pelo vice-campeonato da Recopa Catarinense, após derrota para o Figueirense, por 1 a 0, no Estádio Orlando Scarpelli.

Isso porque o Quadricolor, já na próxima segunda-feira, 08, mede forças com o Boavista, no Estádio Augusto Bauer, por uma vaga nas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro.

Após empate em 1 a 1 em Saquarema, o time dirigido pelo técnico Waguinho Dias joga por vitória simples diante de seus torcedores para ficar a um passo do acesso à terceira divisão. Em caso da nova igualdade, o classificado será conhecido por meio das penalidades.

"Vale pela experiência de ter disputado uma partida grande, frente um dos clubes mais tradicionais de Santa Catarina. Infelizmente, erramos no gol adversário e não conseguimos igualar o marcador. O que fica de positivo foi a determinação da equipe ao longo dos 90 minutos", comentou o comandante.

Brusque decide classificação na Série D na próxima segunda-feira, em casa - Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC
Brusque decide classificação na Série D na próxima segunda-feira, em casa

"O mais importante para nós é na segunda-feira. Estará em jogo todo o futuro da nossa temporada, na principal competição. A derrota não tira a nossa confiança. Vamos medir forças com o Boavista pela quarta vez no ano. Os times já se conhecem e a tendência é que o equilíbrio sobressaia. O vencedor será decidido em detalhes e, por isso, é fundamental que o time entre em campo 100% focado para evitar erros", emendou Waguinho.