Série D: Waguinho Dias lamenta chances perdidas, mas enaltece elenco por empate no RJ

Com vantagem do mando de campo, Brusque joga por vitória simples para avançar às quartas de final

por Agência Futebol Interior

Brusque, SC, 01 (AFI) - Na tarde do último domingo, 30, no confronto de ida das oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, o Brusque empatou em 1 a 1 com o Boavista, em Saquarema.

O gol catarinense foi marcado por Junior Pirambu logo aos 11 minutos da primeira etapa, enquanto Dija Baiano igualou o placar seis minutos depois a favor do time mandante.

O JOGO

A exemplo das duas partidas entre as equipes na fase de grupos, o confronto foi aberto - ambos com postura ofensiva e buscando o gol a todo momento.

O Brusque teve boas chances de sair com a vitória já no primeiro tempo. Apenas três minutos após sofrer o empate, o Quadricolor obrigou o experiente arqueiro Marcelo Pitol a fazer grande defesa em falta cobrada por Thiago Alagoano.

Já aos 25, Zé Mateus pôs o goleiro adversário para trabalhar. O Brusque ainda teve duas oportunidades claras antes do intervalo: com Pirambu, de cabeça, aos 38, e Jefferson Renan, na sequência, aos 40.

O ritmo do confronto seguiu intenso na segunda complementar. Os cariocas continuaram com ímpeto de levar vantagem para Santa Catarina e obrigaram Zé Carlos a aparecer com destaque.

O Bruscão ainda teve, em cobrança de falta de Airton, a chance de vencer, mas a bola passou raspando à meta de Pitol.

PERDA

O técnico Waguinho Dias teve grande desfalque antes do jogo, já que o volante Ruan sentiu lesão na coxa durante o aquecimento e foi substituído por Zé Mateus.

Mesmo com a perda de última hora, o empate foi tido como bom resultado. O comandante, porém, lamentou as oportunidades desperdiçadas.

Brusque, dirigido por Waguinho Dias, depende de vitória simples em casa para seguir no sonho do acesso
Brusque, dirigido por Waguinho Dias, depende de vitória simples em casa para seguir no sonho do acesso

"Fizemos bom jogo. Marcamos logo no inicio, mas sofremos o empate muito rápido. Criamos algumas oportunidades nas duas etapas. Creio que merecíamos ter saído com a vitória, porém agora é trabalhar de olho neste duelo decisivo diante de uma grande equipe. Em nossa casa, teremos a presença maciça dos nossos torcedores", salientou Waguinho.

O QUE VEM POR AÍ?

Brusque e Boavista voltam a se enfrentar no dia 8 de julho, segunda-feira, às 20h, no Estádio Augusto Bauer.

Em caso de novo empate, independente do placar, a decisão será nos pênaltis. Quem vencer, evidentemente, avança às quartas de final da Série D.

Antes de encarar novamente os cariocas, o Brusque disputa na quinta-feira, 04, às 19h, no Estádio Orlando Scarpelli, a Recopa Catarinense, diante do Figueirense.

O embate coloca frente a frente os campeões do Campeonato Catarinense e da Copa Santa Catarina de 2018.