São Caetano-SP 0 x 1 Novorizontino-SP - Tigre vence lanterna e dispara na liderança!

Felipe Rodrigues anotou o gol da vitória do Tigre que disparou na liderança com 21 pontos

por Agência Futebol Interior

São Caetano do Sul, SP, 28 (AFI) - No duelo entre o líder e o lanterna do Grupo 8 deu a lógica nesta quarta-feira. O invicto Novorizontino venceu o São Caetano, por 1 a 0, em pleno Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela quinta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Felipe Rodrigues anotou o gol da vitória do Tigre que disparou na liderança com 21 pontos, seis a mais do que o vice-líder e nove a mais do que o primeiro rival fora do G4. O São Caetano, por sua vez, amarga a lanterna com apenas cinco pontos.

AS IMAGENS DO INÉDITO PROTESTO

PROTESTO!
Os jogadores do São Caetano, após apito inicial do árbitro paulista Salim Fende Chavez, sentaram em campo e ainda tiveram o apoio dos jogadores do Novorizontino que cruzaram os braços.

Os atletas protestaram contra quatro meses de salários atrasados e após a CBF ter obrigado o São Bento a entrar em campo pela Série C, diante do Cricíuma, após surto de Covid-19 e ter disponível 12 jogadores.

Protesto paulista antes do jogo. (Foto: Reprodução)
Protesto paulista antes do jogo. (Foto: Reprodução)

Após um tempo em protesto, o jogo, válido pela quinta rodada do Grupo 8, finalmente começou. Essa partida está sendo realizada só agora porque, na época da rodada, o Azulão estava envolvido na final do Campeonato Paulista da Série A2 - o time do ABC obteve o acesso e ainda foi campeão.

BOBEOU, LEVOU!
Duelo paulista na Série D. (Foto: Leonardo Lima)
Duelo paulista na Série D. (Foto: Leonardo Lima)

O primeiro tempo do duelo paulista foi sonolento. Ainda assim, o Novorizontino achou um gol no último lance.

Antes, porém, o Tigre quase abriu o marcador aos 14 minutos. Danielzinho ficou com bola rebatida na entrada da área e encheu o pé. A bola acertou a trave do São Caetano.

Aos 27 minutos, Léo Baiano tocou para Paulinho que bateu firme e Caio fez boa defesa para os mandantes.

O gol veio aos 44 minutos. A zaga do São Caetano se atrapalhou. Edson Silva cruzou na área e, após bate e rebate, Felipe Rodrigues estufou o barbante do Azulão.

LÁ E CÁ!
O segundo tempo começou travado. A primeira chance foi do São Caetano. Aos 11 minutos, Victor Luiz fez boa jogada, cortou o defensor do Norizontino e bateu firme, mas o goleiro Giovani espalmou e evitou o empate.

Líder contra lanterna na Série D. (Foto: Leonardo Lima)
Líder contra lanterna na Série D. (Foto: Leonardo Lima)

A resposta veio aos 16 minutos em contra-ataque. Batista recebeu de frente para o gol e bateu, mas Caio defendeu com os pés. Aos 26 minutos, Pereira tocou para Matheus Rodrigues que desviou e acertou a rede do São Caetano, mas pelo lado de fora.

Quatro minutos depois, porém, o mesmo Matheus Rodrigues acertou as travas em William e foi expulso direto. Aos 35 minutos, Bruno Aguiar fez de cabeça, mas o árbitro anulou o segundo gol do Tigre assinalando impedimento. E foi só.

PRÓXIMOS JOGOS
Na décima rodada, Novorizontino e São Caetano vão voltar a se encontrar, agora, no Jorjão, em Novo Horizonte, no domingo, às 16 horas.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
5ª rodada
Data
28/10/2020
Horário
20h00
Local
Anacleto Campanella - São Caetano do Sul (SP)
Árbitro
Salim Fende Chavez (SP)

Assistentes
Alberto Poletto Masseira (SP) e Bruno Silva de Jesus (SP)

Cartões Amarelos
São Caetano-SP: Matheus Santos, Douglas
Novorizontino-SP: Edson Silva, Barba

Cartões Vermelhos
Novorizontino-SP: Matheus Rodrigues
Gols
Novorizontino-SP: Felipe Rodrigues 44' 1T
São Caetano-SP
Caio;
Lucas Saturnino, Gustavo, Matheus Santos e Victor Luiz;
William (Matheus Eduardo), Douglas (Rafael Menezes) e Thiago Potiguar (Gerônimo);
Eric Di Maria (Emerson Lima), Filipe (Markson) e Ronaldo.
Técnico: Fabinho Félix
Novorizontino-SP
Giovanni;
Felipe Rodrigues, Bruno Aguiar, Edson Silva (Caio Monteiro) e Paulinho;
Barba, Léo Baiano e Danielzinho;
Cléo Silva (Nando), Deivid (Pereira) e Batista (Matheus Rodrigues).
Técnico: Roberto Fonseca