Com reforços defensivos, Ceará tenta desencantar contra sensação Atlético-MG

O Vozão ainda não venceu no torneio, o que começa a gerar certa preocupação

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 14 (AFI) - O técnico Guto Ferreira ainda tem cinco jogadores entregues ao Departamento Médico, mas poderá contar com o zagueiro Klaus e o lateral Bruno Pacheco, ambos reforçarão o time para o duelo contra o Atlético Mineiro neste domingo, às 11h, no Mineirão, pela terceira rodada do Brasileirão.

O treinador ainda não poderá contar com: os zagueiros Eduardo Brock e Tiago Pagnussat, os meias Vina e Felipe Baxola, além do atacante Rodrigão, este mais próximo de retornar às quatro linhas. Com isso, a única dúvida se dá no meio de campo. William Oliveira e Fabinho brigam por uma posição entre os titulares.

Assim como foi no empate por 1 a 1 diante do Grêmio, Guto Ferreira ensaiou uma equipe povoada no meio de campo, com apenas Cleber no setor ofensivo. Não está descartado, porém, iniciar o confronto com Rafael Sóbis, pela experiência do atleta em um confronto diante do Atlético Mineiro, uma das sensações do campeonato.

Ceará treinou nesta sexta. Foto:  Felipe Santos/cearasc.com
Ceará treinou nesta sexta. Foto: Felipe Santos/cearasc.com
CONFIANÇA!
“Eu nunca joguei esse horário, mas creio que a gente não sinta nenhuma dificuldade, não. A gente treina nos dois períodos e vai estar preparado para jogar pela manhã. Confiamos em nosso potencial e tenho a certeza de que faremos um grande jogo diante do Atlético", falou o atacante Cleber.

"O Ceará está conseguindo crescer em cima das adversidades. O Campeonato Brasileiro é complicado, cada jogo é uma decisão. A dificuldade não é surpresa nenhuma. Cabe a nós nos preparar bem para conseguir a vitória e seguir em busca dos nossos objetivos", completou Guto Ferreira.

Fernando Prass; Samuel Xavier, Klaus, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles, William Oliveira, Leandro Carvalho, Fernando Sobral e Mateus Gonçalves; Cleber. Técnico: Guto Ferreira.