Copa do Nordeste tem oito campeões diferentes e hiato na última década

Nos últimos dez anos, nenhum time conseguiu vencer o torneio por duas vezes

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - Na última década, oito times levantaram o caneco da Copa do Nordeste, mostrando o quão equilibrada é a competição e a força das equipes da região. Nem sempre os favoritos levaram o título e algumas equipes conquistaram o fardo de heróis improváveis.

Houve também um hiato, uma vez que a bola não rolou no torneio em 2011 e 2012, retornando em 2013, com o Vitória sendo campeão. O Vitória tem, inclusive, quatro conquistas, contra três de Bahia e Sport.

Fortaleza é o atual campeão do torneio
Fortaleza é o atual campeão do torneio

Confira os campeões da última década:

2010 - VITÓRIA
Campeão em 2010, o Vitória terminou a primeira fase com a segunda melhor campanha, perdendo apenas para o ABC, justamente seu adversário na final, que acabou com o resultado por 2 a 1. Antes, o Leão passou pelo CSA, por 2 a 1.

2011 - NÃO HOUVE
Com pouco espaço no calendário nacional, a Copa do Nordeste não foi disputada em 2011.

2012 - NÃO HOUVE
O mesmo aconteceu em 2012.

2013 - CAMPINENSE
Em 2013, o recomeço aconteceu e o campeão improvável apareceu. O torneio ganhou nova fórmula, com quatro grupos de quatro. O Campinense ficou em segundo do Grupo D, atrás do Sport. No mata-mata, passou pelo Leão por ter marcado mais gols fora de casa nos empates por 0 a 0 e 2 a 2. Novamente se aproveitou do critério diante do Fortaleza, perdendo por 2 a 1 fora, e 1 a 0, em casa. Na decisão, pegou o ASA e venceu: 2 a 1 e 2 a 0.

2014 - SPORT
O Sport levou o título de 2014. Ficou em segundo no Grupo D, atrás do Guarany de Sobral. Mas o peso da camisa foi comprovada no mata-mata, passando por CSA, Santa Cruz, um de seus rivais, e Ceará, tendo como principal destaque o atacante Neto Baiano.

2015 - CEARÁ
Em 2015, Ceará caiu no mesmo grupo do Fortaleza, ficou em primeiro e eliminou, na sequência, Salgueiro e Vitória, este pelos gols fora de casa. Bateu o Bahia na decisão. Magno Alves liderou à conquista.

2016 - SANTA CRUZ
O campeão de 2016 foi o Santa Cruz. O Coral ficou em segundo no Grupo C, atrás do Bahia. Eliminou ainda Ceará, Bahia e Campinense. Grafite e Bruno Moraes foram decisivos na conquista tricolor.

2017 - BAHIA
Melhor equipe da primeira fase, o Bahia teve campanha perfeita. Passou pelo Sergipe com facilidade, eliminou o Vitória, mesmo perdendo no jogo de ida, e levou o título diante do Sport. Régis e Hernane Brocador foram os principais destaques.

2018 - SAMPAIO CORRÊA
Em 2018, o Sampaio surpreendeu ao levar o título. A Bolívia Querida ficou em segundo do Grupo D, bem atrás do Ceará. No mata mata, no entanto, fez o que quis contra o Vitória, passou pelo ABC e levou o título diante do favorito Bahia. O gol foi marcado no primeiro minuto do jogo de ida, por Uilliam Barros. A volta foi 0 a 0.

2019 - FORTALEZA
Em 2019, o Nordeste foi do Fortaleza. O time de Rogério Ceni vinha ganhando tudo que disputava e o torneio foi apenas mais um. Com nova fórmula, o Tricolor liderou o Grupo A, com oito equipes, fez 4 a 0 no Vitória, nas quartas, 1 a 0, no Santa Cruz, na semifinal, e 2 a 0 no Botafogo-PB, na grande decisão. Júnior Santos, ex-Ponte, dividiu artilharia com Gilberto.