Catarinense: Técnico culpa arbitragem por derrota do Criciúma: 'Nos tiraram um ponto'

O treinador lembrou ainda a queda para a Série C do Campeonato Brasileiro no ano passado, quando o clube também reclamou da arbitragem

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 27 (AFI) – O técnico Roberto Cavalo, do Criciúma, foi duro ao criticar a arbitragem de Rafael Traci após a derrota por 3 a 2 para o Juventus, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense.

Durante a partida, o treinador se mostrou extremamente irritado com a marcação de dois pênaltis para o adversário. Depois do jogo, ele lembrou até mesmo do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro na última temporada.

“A arbitragem hoje nos tirou um ponto. No ano passado já tínhamos sido prejudicados pela arbitragem e acabamos rebaixados na Série B. Essa é a realidade e não podermos deixar de falar sobre isso”, desabafou o treinador.

Cavalo revelou ainda que o jovem atacante Andrew, que disputou a partida improvisado na lateral, ficou abalado com a marcação do pênalti que custou o resultado ao Criciúma.

“O Andrew está chorando. Ele pediu desculpas ao grupo. Agora eu tenho que trabalhar a cabeça deles. O futebol se ganha em campo, e não com arbitragem. Não culpo apenas isso, porque ainda tenho que melhorar meu time, mas a arbitragem teve peso grande nesta derrota”, concluiu o treinador.

Com o resultado, o Criciúma fica estacionado nos três pontos, por ter vencido o Concórdia por 2 a 1 na estreia. A próxima partida será na quinta-feira, às 19 horas, quando o time de Roberto Cavalo recebe o Tubarão, no Heriberto Hulse.