Clube da Série C dará férias coletivas de 20 dias aos jogadores a partir desta quarta

Campeonatos seguem paralisados por conta da pandemia do novo coronavírus

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 31 (AFI) - O Criciúma foi rebaixado à Série C do Campeonato Brasileiro, mas seguirá a decisão tomada por clubes das Séries A e B. Assim, o clube catarinense dará férias coletivas de 20 dias aos jogadores e comissão técnica a partir desta quarta-feira.

Antes do Criciúma, Avaí, Brusque, Chapecoense, Figueirense e Joinville já haviam anunciado férias coletivas. O Criciúma terminou a primeira fase do Catarinense na quinta colocação e, agora, enfrentará o Marcílio Dias nas quartas de final.

Os campeonatos seguem paralisados por conta da pandemia do novo coronavírus. O presidente Jaime Dal Farra dará maiores informações sobre as férias, nesse 1º de abril, em entrevista coletiva, e também da união dos clubes da Série C.

Férias de 20 dias. (Foto: Fotos: Douglas Sartor/www.criciuma.com.br)
Férias de 20 dias. (Foto: Fotos: Douglas Sartor/www.criciuma.com.br)
UNIÃO!

Os 20 participantes da divisão nacional se uniram para reivindicar junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) "doação de recursos para os clubes da Série C, com destinação exclusiva de manter em dia o pagamento dos salários e imagens dos seus atletas, a fim de auxiliar, ou ao menos minimizar, os impactos financeiros advindos desta enorme crise mundial, considerando que são os atletas", diz a nota dos clubes.