Série B: Em meio à crise, Figueirense embarca, mas elenco não garante entrada em campo

Nesta terça-feira, às 21h30, equipe catarinense tem partida agendada diante do Cuiabá, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 19 (AFI) - O elenco do Figueirense, na manhã desta segunda-feira, embarcou para Cuiabá (MT), onde, nesta terça-feira, tem partida agendada diante do Cuiabá, às 21h30, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar disso, por conta da grave crise financeira alvinegra, existe a possibilidade de que o jogo não ocorra.

No domingo, em nota oficial, a diretoria do clube catarinense afirmou que "quitará o salário CLT de julho e as duas imagens em atraso até o próximo dia 28 de agosto. Os parâmetros estão ajustados no termo de compromisso assinado entre a Elephant, gestora da Figueirense Ltda, e a Associação Figueirense".

Os jogadores, que não receberam o salário de julho (que deveria ser pago no quinto dia útil de agosto) e os direitos de imagens de maio, junho e julho e estão sem ver o recolhimento do Fundo de Garantia (FGTS) desde o começo do ano, rebateram e afirmam que só entram em campo em caso de quitação das dívidas com todos os funcionários do clube até a partida.

Rafael Marques é um dos líderes do elenco do Figueirense - Foto: Matheus Dias/FFC
Rafael Marques é um dos líderes do elenco do Figueirense - Foto: Matheus Dias/FFC

Além disso, exige que não haja represálias, como rescisões e demissões. Caso contrário, o elenco promete dar W.O. no duelo deste começo de semana.

Para evitar maiores polêmicas, antes do embarque, realizado no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis, o plantel alvinegro optou por não falar com a imprensa.

Após 16 rodadas da Série B, o Figueirense somou 20 pontos e aparece na 12ª colocação. América Mineiro e Criciúma, com 17, abrem a zona de rebaixamento, enquanto a Ponte Preta, com 26, fecha o grupo de acesso.