Marcelo Chamusca culpa primeiro tempo ruim do Fortaleza por empate com Goiás

O Tricolor não saiu de um empate por 1 a 1 diante do Esmeraldino no Castelão

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 27 (AFI) - Marcelo Chamusca culpou o primeiro tempo ruim pelo empate, por 1 a 1, do Fortaleza frente ao Goiás, nesta quinta-feira, em plena Arena Castelão. Na visão do treinador, o time demorou para entrar no jogo diante do lanterna do Brasileirão, indicando um possível 'salto alto'.

“Acho que o primeiro tempo interferiu sensivelmente no resultado do jogo, porque demoramos a muito a entrar (no jogo) e até cobrei deles no intervalo uma rotação maior, um pouco mais de intensidade, acelerar um pouco mais a bola e de fato no segundo tempo nós amassamos o adversários, tivemos pouquíssimos problemas defensivos e criamos oportunidades bem claras para definir o jogo”, falou o treinador.

Chamusca no comando do Fortaleza. Foto:  JL Rosa
Chamusca no comando do Fortaleza. Foto: JL Rosa
O treinador ainda lamentou o resultado, que deixou sua equipe na nona posição, com 29 pontos, cinco da zona de Libertadores.

“Sentimento claro de tristeza pelo resultado e acho que é uma lição importante até para poder pensar nos jogos futuros, em relação a formação da equipe. Criar uma alternância maior para quando a gente enfrentar adversários que venham com bloco baixo, com esse tipo de comportamento”, disse.

DESAFIO!
O próximo desafio do Fortaleza é contra o Corinthians na quarta-feira, às 21h30, na Arena Castelão, pela 24ª rodada.