Coudet vê Inter protagonista e explica ausência de D'Alê contra Tolima

O Colorado foi até a Colômbia e não saiu de um empate sem gols

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 20 (AFI) - O Internacional foi até a Colômbia e segurou um empate sem gols diante do Tolima, pela partida de ida da Terceira Fase da Copa Libertadores da América. O técnico Eduardo Coudet enalteceu o adversário e tratou de deixar claro que o clube gaúcho será protagonista na temporada.

"Uma equipe difícil. É Copa Libertadores. Não é fácil jogar fora. Vamos ter que buscar resolver em casa. Faltou profundidade ao nosso time, mas estamos evoluindo. Já melhoramos muito. Pode ter a certeza de que o Internacional será protagonista", falou o treinador.

Coudet mostrou confiança na possível classificação Colorado. O Inter terá que vencer, na próxima quarta-feira, no Beira-Rio, para selar sua vaga. "Trouxemos jogadores muito bons. Agora é levantar a cabeça e trabalhamos. Vamos decidir ao lado dos nosso torcedores. Temos totais condições de chegar em casa e conquistar a classificação", completou.

Coudet falou do empate do Inter
Coudet falou do empate do Inter
O treinador ainda explicou a opção de não começar o jogo com D'Alessandro, um dos pilares do Inter no ano. "Não podemos correr o risco de perder um jogador do nível do D'Alessandro por muito tempo. Foi um dos jogadores que mais correram no Gre-Nal e já tem 38 anos. A opção foi de poupá-lo para aproveitá-lo 100% na segunda etapa", concluiu.

FOLGA
Eliminado do Campeonato Gaúcho, o Internacional terá uma semana para trabalhar para o jogo de volta frente ao Tolima. Se avançar, entrará no Grupo E, ao lado de América de Cali-COL, Universidad de Chile e Grêmio.