De volta à Série B, Juventude acerta com técnico rebaixado na Série A

Nesta mesma temporada, ele esteve em Caxias do Sul com direito a acesso, mas depois amargou o descenso com a Chapecoense

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 11 (AFI) - Juventude e Marquinhos Santos querem reeditar a dobradinha de sucesso de 2019 em 2020. O técnico responsável pelo acesso na Série C do Campeonato Brasileiro está de volta a Caxias do Sul. O acesso, porém, ficou para trás. Marquinhos Santos chega como o primeiro técnico rebaixado no comando da Chapecoense no Campeonato Brasileiro da Série A.

A missão do treinador será comandar o Juventude no Campeonato Gaúcho, na Copa do Brasil e na volta à Série B, uma vez que o Alviverde subiu ao lado de Náutico, Sampaio Corrêa e Confiança. Esta será a segunda passagem dele pelo Ju. A primeira teve 11 vitórias, 14 empates e cinco derrotas.

“Estou extremamente feliz e muito, mas muito motivado em seguir o trabalho à frente da equipe. Fizemos um 2019 excelente, onde conquistamos os objetivos traçados pela diretoria. E é exatamente isso que torna a nossa responsabilidade ainda maior para a próxima temporada”, destacou o treinador em entrevista coletiva.

Já de volta. (Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude)
Já de volta. (Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude)

Marquinhos Santos já trabalha em campo e também nos bastidores com uma lista de reforços. Ele ainda ficará de olho no Sub-20 que disputará a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Presente no Grupo A do Gauchão, o Juventude estreará em casa contra o Internacional na semana de 22 de janeiro. Marquinhos Santos ostenta títulos estaduais por Fortaleza (Cearense 2016), Bahia (Baiano 2014) e Coritiba (Paranaense 2013).