Ex-auxiliar do Real Madrid é o primeiro técnico a cair no Mineiro

Paulo Campos alegou problemas pessoais e pediu desligamento na manhã desta sexta-feira

por Agência Futebol Interior

Juiz de Fora, MG, 24 (AFI) - Bastou uma rodada para o Campeonato Mineiro fazer a sua primeira vítima. Nesta sexta-feira, a diretoria do Tupynambás anunciou a saída do experiente treinador Paulo Campos.

Paulo Campos pediu desligamento do Tupynambás após um jogo
Paulo Campos pediu desligamento do Tupynambás após um jogo
De acordo com o comunicado oficial publicado no site do Tupynambás, o treinador pediu desligamento do clube alegando problemas pessoais. Ele comandou o time na derrota para o Tombense, por 1 a 0, em casa, na estreia do estadual.

"O Tupynambás Futebol Clube agradece ao Paulo Campos pelos serviços prestados e deseja boa sorte em sua caminhada", dizia parte do comunicado.

Paulo Campos tem 62 anos e trabalhou como auxiliar-técnico de Vanderlei Luxemburgo no Real Madrid. Como treinador, passou por inúmeros clubes estrangeiros, além de Paraná, Paysandu, Fluminense, Vila Nova, Náutico, Criciúma, Resende, Iraty e Duque de Caxias, entre outros.

Com a saída de Paulo Campos, que vai comandar o Tupynambás no domingo, diante do Atlético-MG, na Arena Independência, será Zé Luís Peixoto.