Série C: Com história nos três grandes de Recife, Mauro Fernandes é cotado no Náutico

Experiente, treinador acumula 18 títulos entre Estadual e Brasileiro, além de seis acessos

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 13 (AFI) - A diretoria do Náutico já começa a analisar alguns treinadores para anunciar o substituto de Márcio Goiano, desligado do cargo após derrota por 1 a 0 para o Ferroviário, no Estádio dos Aflitos, pela terceira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Um dos possíveis cotados, segundo especulação da imprensa pernambucana, é Mauro Fernandes, já com um vice-campeonato estadual pelo Timbu.

Alguns profissionais foram ventilados nos corredores dos Aflitos. Além de Fernandes, Gilmar Dal Pozzo, Givanildo Oliveira e Roberto Fernandes. A cúpula alvirrubra, inclusive, tem pressa para anunciar seu novo comandante para a sequência da competição nacional.

O HISTÓRICO

Vice-campeão regional em 2018 com o Central, de Caruaru, Mauro Fernandes já teve passagem pelos três grandes de Recife: Náutico, Sport, no qual sagrou-se campeão estadual invicto, e Santa Cruz.

"Fico feliz em saber que tenho nome ventilado no Náutico, mas não houve nenhuma conversa. Só estou sabendo por meio da imprensa e de alguns amigos que têm me ligado", comentou.

Mauro Fernandes é um dos nomes da diretoria para assumir o Náutico na Série C
Mauro Fernandes é um dos nomes da diretoria para assumir o Náutico na Série C

SAIBA MAIS SOBRE MAURO FERNANDES

O treinador iniciou a carreira no Auto Esporte-PB em 1984. Dois anos depois, foi contratado pelo Botafogo-PB, dando start à trajetória vencedora.

Foram três anos no comando do Belo, tornando-se bicampeão estadual, o que começou a abrir portas para novos desafios. Em 1990, foi contratado pelo ABC-RN e obteve mais um título.

No ano seguinte, Mauro levou o título alagoano com o CSA. Com passagem pelo Sergipe-SE, alcançou o bicampeonato sergipano. Em 1996, acertou com o Goiás e foi bicampeão goiano.

Após trabalhar no Esmeraldino, acertou transferência ao Sport, onde foi tricampeão pernambucano. Logo depois, o profissional dirigiu Coritiba e Botafogo.

Mauro Fernandes ainda passou por Matonense, Londrina, Brasiliense, onde foi campeão estadual e da Série B, conquistando o acesso ao Brasileirão, Fortaleza, Gama, Bahia, Vitória, onde subiu na Série B do Brasileiro, Santa Cruz e Atlético-GO, onde teve mais uma ascensão com a taça da Série C em 2008.

Ele também tem história no América-MG, clube no qual teve a oportunidade de comandar em três oportunidades. Lá, ele é adorado pelos torcedores por conta do acesso ao Brasileirão, em 2010.

CURRÍCULO

Ao todo, o professor acumula 18 títulos entre Estaduais e Brasileiros, além de seis acessos. Nos dois últimos anos, o técnico vem realizando bons trabalhos.

Em 2017, foi anunciado na Portuguesa para disputar a Copa Paulista e tinha como objetivo o acesso à Série C. Porém, acabou saindo com bom retrospecto na Copinha - com quatro vitórias, um empate e duas derrotas, deixando a equipe no G4.

Já em 2018, construiu grande campanha no Central-PE, sendo finalista diante do Náutico no Campeonato Pernambucano. Ele ainda chegou à marca de sete jogos de invencibilidade.

O seu último clube foi a Caldense, quando assumiu o cargo com a missão de livrar a Veterana da zona do rebaixamento. Graças à ótima recuperação no Estadual, levou o time de Poços de Caldas às quartas de final, quando acabou desligado do cargo.