Série B: Torcedores protestam e polícia usa bombas e bala de borracha

Alguns torcedores já haviam invadido o treino dos jogadores no CT. Eles cobraram os atletas pela má fase em campo

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 26 (AFI) - O Náutico está em situação delicada na Série B do Campeonato Brasileiro. Ao empatar sem gols com o Vitória, o Timbu se manteve na degola. Os torcedores protestaram nos Aflitos e foram dispersados pela Polícia Militar de Pernambuco (PMPE).

Bombas de efeito moral e tiros de bala de borracha foram usados para afastar dos torcedores do portão principal. Os insatisfeitos criticaram a diretoria e, principalmente, a presidência do Náutico.

Protesto nos Aflitos. (Foto: Reprodução)
Protesto nos Aflitos. (Foto: Reprodução)
Alguns torcedores já haviam invadido o treino dos jogadores no CT. Eles cobraram os atletas pela má fase em campo.

O Náutico abre a zona de rebaixamento, na 17ª colocação com 21 pontos, a cinco do primeiro fora da degola. Já são sete jogos sem vitória, sendo três empates e quatro derrotas.

No sábado, o Náutico enfrentará o Juventude às 21 horas, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 24ª rodada.