Após derrota para Cruzeiro na estreia de Felipão, time da Série B demite treinador

Operário Ferroviário aparece na décima colocação, com 22 pontos, na faixa intermediária da tabela de classificação

por Agência Futebol Interior

Ponta Grossa, PR, 21 (AFI) - Gerson Gusmão não é mais o técnico do Operário Ferroviário! O comandante foi desligado no finalzinho da noite desta terça-feira (20), logo depois da derrota para o Cruzeiro, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, em duelo que marcou a estreia de Felipão à frente dos celestes.

"A diretoria do Grupo Gestor do Operário Ferroviário comunica que Gerson Gusmão não é mais o técnico da equipe.

O clube agradece ao profissional pelos serviços prestados e por todas as conquistas durante os mais de quatro anos no comando da equipe e deseja sucesso na sequência da carreira", escreveu o Fantasma da Vila através de nota oficial.

Gerson Gusmão (Foto: José Tramontin / Operário)
Gerson Gusmão (Foto: José Tramontin / Operário)

MAIS LONGEVO
Entre as três primeiras divisões do Campeonato Brasileiro, ele era o treinador há mais tempo no cargo - estava há quase quatro anos e sete meses.

Foi contratado durante o Paranaense de 2016 e acabou rebaixado. Desde então, porém, acumulou feitos impressionantes.

Conquistou a Taça FPF de 2016, a Série D do Brasileiro de 2017, a Divisão de Acesso Paranaense de 2018 e a Série C do Brasileiro de 2018.

FELIPÃO FALA EM EXPERIÊNCIA NO CRUZEIRO

MAL EM 2020
Em 2020, porém, os resultados não agradavam muito. O Operário caiu nas quartas de final do Paranaense e na segunda fase da Copa do Brasil.

Aparece na décima colocação da Série B, com 22 pontos - são cinco jogos sem vitórias e apenas um triunfo nas últimas oito partidas. Volta a campo na sexta-feira (23), quando enfrenta a Chapecoense, líder, às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC).