Série B: Em queda livre, técnico admite momento ruim do Paraná

No último sábado, alguns torcedores presentes em Sorocaba foram até o vestiário protestar contra o time

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 19 (AFI) - O Paraná Clube segue em queda livre no Campeonato Brasileiro da Série B. No último sábado, ao perder para o São Bento, por 2 a 1, de virada, em Sorocaba, o Tricolor chegou ao quinto jogo sem vitória e ficou mais distante do G4.

O técnico Matheus Costa reconheceu que os torcedores estão no direito de protestarem como fizeram no último sábado, quando algumas pessoas presentes no Walter Ribeiro foram até a porta do vestiário e chamaram o time de "sem vergonha".

"Nós não estamos dando orgulho ao nosso torcedor. Quando consegue vencer, o torcedor fica do nosso lado. Mas quando não demonstramos resultados e bom nível de jogo, o torcedor não sente orgulho de assistir ao Paraná", afirmou o treinador às Rádios Banda B e Transamérica.

O técnico Matheus Costa reconheceu a queda de rendimento do Paraná Clube
O técnico Matheus Costa reconheceu a queda de rendimento do Paraná Clube
Em busca da reabilitação, o Paraná volta a campo nesta terça-feira, quando recebe o Atlético-GO, na Vila Capanema, pela 17ª rodada da Série B. Nas últimas cinco partidas, o Tricolor teve quatro derrotas e um empate.

Na lateral esquerda, Guilherme Santos retorna na vaga de Fernando Timbó, zagueiro que atuou improvisado no setor, após cumprir suspensão automática. Já o volante Luan recebeu o terceiro cartão amarelo e dá lugar para Jhony Douglas.

O provável Paraná para esse jogo é: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Jhony Douglas, Fernando Neto, João Pedro e Bruno Rodrigues; Jenison.