Torcida do Paraná critica presidente: "Leonardo Oliveira vai se demitir quando?"

Um outro torcedor foi ainda mais incisivo: "Está na hora de sair essa diretoria. Começando pelo presidente!"

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 02 (AFI) - Assim como é impensável um clube ainda apostar em Vanderlei Luxemburgo ou Abel Braga, não dá para imaginar em ter Rogério Micale em seu time. O Paraná fez essa aposta, pagou caro e a torcida não aliviou para ninguém, muito menos para o presidente Leonardo Oliveira.

"Leonardo Oliveira vai se demitir quando?", escreveu um internauta na postagem oficial sobre a demissão de Micale nesta quarta-feira, um dia após o Tricolor apanhar de 4 a 1 do Vitória em Curitiba pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Torcida quer a demissão do presidente. (Foto: Reprodução)
Torcida quer a demissão do presidente. (Foto: Reprodução)
"Que planejamento lindo", ironizou outro torcedor. "Diretoria mais perdida que cego em tiroteio. Pelo amor de Deus", emendou um tricolor.

Um outro torcedor foi ainda mais incisivo: "Está na hora de sair essa diretoria. Começando pelo presidente!".

Outro provocou Leonardo Oliveira: "Elenco tá treinando com o Leonardo como bola? Só assim para estarem jogando tão mal". "Elenco de Série C e Leonardo de Série D", resumiu mais um fã tricolor.

TÁ NO DIREITO!
E a torcida do Paraná está em seu direito de criticar a diretoria. Afinal, o Paraná vai para seu terceiro técnico na Série B. Allan Aal começou a disputa. Quando Micale substituiu Allan Aal, o Paraná estava em oitavo lugar com 28 pontos, a três do G4. Agora, o Tricolor amarga a 15ª posição com 29 pontos, a cinco da degola e a 11 da zona de acesso.

Sob o comando de Micale, técnico escolhido por Leonardo Oliveira, o Paraná teve um empate e cinco derrotas seguidas. Aproveitamento pífio de 5,6%. O Tricolor não vence há sete rodadas. Com Micale, o clube paranaense passou a ter a pior defesa da Série B. São 34 gols tomados em 25 rodadas, sendo que 15 gols foram sofridos com Micale no comando.

O substituto de Micale, dificilmente, estará no jogo da sexta-feira, às 21h30, contra a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 26ª rodada da Série B.