Pernambucano: Federação libera ajuda financeira para arbitragem

O valor é de R$ 10 mil, que será dividido entre árbitros e assistentes do Campeonato Pernambucano.

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - Com a pandemia do coronavírus, várias classes estão preocupadas com o lado financeiro. Uma delas é a de árbitros, que costumam receber por jogo realizado. Muitos deles se dedicam integralmente à atividade e agora buscam ajuda.

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) já se movimentou para auxiliar esses profissionais e concederá R$ 10 mil, que serão divididos entre árbitros e assistentes do Campeonato Pernambucano.

Antes, a FPF-PE já havia anunciado outro aporte financeiro, mas para os clubes. Evandro de Carvalho, presidente da entidade, afirmou que cada clube irá receber R$ 100 mil.

PELO BRASIL

A situação começa a preocupar os árbitros do país inteiro e as federações.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, Anderson Daronco, que pertence ao quadro da Fifa, deu entrevista à Rádio Gaúcha falando sobre a preocupação.

"Minha dedicação é exclusiva para o futebol e esse é um assunto muito pertinente para o momento.

Primeiro, é muito difícil de um árbitro de alto nível ter qualquer outro emprego, devido as demandas de viagens e treinamentos.

Sem jogo, não tem de onde tirar renda. Por isso se luta tanto pela profissionalização, seja um árbitro do quadro da Fifa ou do quadro básico da federação", disse.