Com salário depositado, Ponte Preta treina sem lateral e marca jogo-treino

Giovanni foi liberado para resolver problemas pessoais, mas ao mesmo tempo procura clube para jogar no segundo semestre

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 01 (AFI) - O treinamento da Ponte Preta nesta segunda-feira foi de novidades para o elenco. Os salários da carteira de trabalho que estavam atrasados foram pagos e agora está quase tudo quitado.

Faltam ainda os valores referentes aos direitos de imagem que venceram na última terça-feira, 25 de junho, mas o departamento financeiro não fala em prazo para resolver esse problema.

Além disso, o técnico Jorginho poderá observar os atletas em jogo-treino nesta quarta-feira. A Macaca disputará, no CT do Jardim Eulina, partida diante do Atibaia, às 15h.

Esse será o primeiro teste do time nesta parada da Copa América. O retorno à Série B será no dia 12 de julho, uma sexta-feira, às 21h30, contra o Oeste, no estádio Moisés Lucarelli.

Giovanni não treinou nesta segunda-feira. (Foto: PontePress/Luiz Guilherme Martins)
Giovanni não treinou nesta segunda-feira. (Foto: PontePress/Luiz Guilherme Martins)
DESFALQUES

A saída do atacante Facundo Batista, anunciada no sábado, foi confirmada nesta segunda. O jogador não apareceu para treinar e a despedida está, de fato, concretizada.

Além dessa ausência já esperada, outra chamou ainda mais atenção dos jornalistas que acompanharam a atividade. O lateral-esquerdo Giovanni, que teve o nome ventilado fora dos corredores da Ponte, não compareceu ao centro de treinamentos.

Oficialmente a Macaca fala em liberação para resolver problemas particulares, mas é certo que o atleta procura um novo clube, já que não faz parte dos planos da comissão técnica e da diretoria alvinegra.