Com derrota em Itu, Ponte amarga pior sequência dos seis últimos anos no Paulistão

Macaca chega ao terceiro revés consecutivo e coloca trabalho de Gilson Kleina em xeque

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 18 (AFI) - Com resultado adverso diante do Ituano, no Estádio Novelli, a Ponte Preta amargou mais uma marca negativa em 2020.

Além de ter perdido invencibilidade de 17 anos frente o Galo, na condição de visitante, Macaca alcança a pior sequência de derrotas dos seis últimos anos em termos de Campeonato Paulista.

Time campineiro não sofria três reveses consecutivos no Estadual desde março de 2014, à época sob comando de Oswaldo Alvarez.

Com revés em Itu, Ponte amarga pior sequência dos seis últimos anos - Miguel Schincariol / Ituano FC
Com revés em Itu, Ponte amarga pior sequência dos seis últimos anos

Na ocasião, Alvinegra foi superada por Palmeiras (3-2), Mogi Mirim (4-0) e Santos (4-0), entre o fim da primeira fase e o jogo único das quartas de final, na Vila Belmiro.

Em 2020, com Gilson Kleina à beira do gramado, Ponte foi superada por Internacional de Limeira (2-1), Palmeiras (1-0) e Ituano (1-0).

E AGORA?

Ainda na vice-liderança do Grupo A com seis pontos, a Ponte Preta se divide entre a luta por classificação às quartas de final e a fuga da zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do time campineiro acontece no sábado, 22 de fevereiro, a partir das 19h, diante da Ferroviária, no Estádio Moisés Lucarelli.