Por conta de amistoso internacional, Portuguesa deixa Copa Paulista de lado

Neste meio de semana, a Lusa viajou até a Bolívia para ficar no empate sem gols contra o Oriente Petrolero

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) - Na semana em que conquistou a primeira vitória na Copa Paulista e que buscava embalar mais um bom resultado para sair da lanterna do Grupo 3, a Portuguesa acabou tendo que mudar seu foco durante essa semana. Isso porque, o time lusitano fez um amistoso contra o Oriente Petrolero e viajou até a Bolívia.

O resultado em campo foi um empate, por 0 a 0, em um amistoso que foi organizado para ser o último teste do time boliviano antes da competição nacional e também para apresentar três novos reforços e o os novos uniformes. A Lusa ficou boa parte do jogo na defensiva e buscou matar o jogo em contra-ataques e não obteve sucesso.

Por conta de amistoso internacional, Portuguesa deixa Copa Paulista de lado
Por conta de amistoso internacional, Portuguesa deixa Copa Paulista de lado

Ao todo, 18 jogadores viajaram para à Bolívia: Léo Fioravanti, Paes, Igor, Matheus Santillo, Caíque Felix, Graxa, Gustavo Eugênio, Vilares, João Gurgel, João Lucas, Adriano, Jonatas Paulista, Hudson, Davi, Maicom Jesus, Gerley, Guilherme Garutti e Henrique Motta. Outros ficaram no Brasil.

Porém, algumas partes da torcida e até mesmo da comissão técnica reclamaram do duelo neste meio de semana. Segundo eles, o elenco da Portuguesa iria ser mais beneficiado com uma semana inteira de treinos focado na próxima rodada, do que viajado para a Bolívia, por conta do desgaste físico.

Vale lembrar que a Portuguesa precisa quebrar um tabu para superar o Juventus na Rua Javari. A Lusa não vence um 'Clássico dos Imigrantes' desde 2017. Nesse meio tempo, foram quatro jogos, com duas derrotas e dois empates. Enquanto o Moleque Travesso guarda todas as forças para o duelo, a Portuguesa 'brinca' de torneio internacional.

Mercado da Bola
Portuguesa-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Dida, Rafael Pascoal, Enzo, Murilo Prates;

  • Laterais

    Hudson, Igor, Gustavo Gomes, Léo Pereira, Vinicius Pedalada e Vinicius Silva;

  • Zagueiros

    Léo Fioravanti, Gustavo Japa, Patrick, Guilherme Garutti, Gegê, Motta, Cesinha, João Lucas, Bruno Maia;

  • Meias

    Gerley, Matheus Marques, Roger Gaúcho, Bruno Mota e Adilson Bahia, Jonatas Paulista, Léo Guanaes, Rafael Toledo, Kaio Henrique e Caique;

  • Atacantes

    Matheusão, João Gurgel, Rodrigo Vilares, Davi Inácio, Luiz Thiago, Matheus Bike, Naná, Félix, Maicone, Jorge Eduardo e Lúcio Flávio;

  • Técnico

    Fernando Marchiori