Com a cabeça na LDU, Santos visita o Athletico-PR de olho nas primeiras posições

O time da Vila Belmiro tem partida pelas oitavas de final da Libertadores na próxima terça-feira

por Agência Estado

Santos, SP, 21 (AFI) - O Santos quer aproveitar o Brasileirão mais disputado dos últimos anos para sonhar alto e vai atacar o Athletico-PR, às 19 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba. Mesmo com a LDU na cabeça, a missão é manter a boa fase. O time pode até terminar o dia na segunda colocação da competição. Desde que vença em Curitiba e os rivais Flamengo e Palmeiras não ganhem, também neste sábado.

Ainda sem o técnico Cuca, em repouso após ser internado por causa da covid-19, o Santos deve ter o retorno de Soteldo em Curitiba. Mas é possível que poupe Marinho. De volta após atuar nas Eliminatórias, o venezuelano pode ser o líder da equipe no Paraná. O auxiliar Eudes Pedro vai descansar algumas peças pensando na altitude de Quito. O jogo de ida das oitavas da Libertadores acontece na terça-feira.

Mesmo com escalação alternativa, o Santos espera repetir a boa atuação diante do então líder Internacional, na rodada passada. Uma vitória leva a equipe aos 37 pontos. O agora primeiro colocado Atlético-MG tem 38 e só joga no domingo. Com 36, o Flamengo atua sob pressão neste sábado, no mesmo horário.

Crescendo na competição e subindo na tabela, alcançar o G4 é a primeiro tarefa santista. Depois do fracasso na Copa do Brasil, o time quer seguir na frente no Brasileirão e ganhar motivação para encarar os equatorianos.

O zagueiro Luan Peres testou positivo para a covid-19, tornando-se o 12.° infectado do Santos. A boa a notícia é que João Paulo, Madson e Lucas Veríssimo já se recuperaram, foram liberados e vêm treinando desde a quinta-feira. O zagueiro é o único que não deve jogar.

Apesar do plano de vitória em Curitiba, nada de desdenhar do empolgado Athletico-PR. Ciente que o rival vem de três vitórias na competição, a última diante do líder, o Santos vai atacar, mas sem se precaver atrás.