Seleção do Paulistão tem base formada por destaques do Interior. Confira!

Só o Palmeiras foi bem dos grandes, então, sobrou espaço para os destaques do Interior formarem a Seleção da Rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 17 (AFI) - Com o fraco desempenho dos grandes clubes nesta sexta rodada do Campeonato Paulista, os times do interior conseguiram colocar muitos jogadores na Seleção da Rodada do Portal FUTEBOL INTERIOR.

A presença dos destaques interioranos reforça a força do Interior, que sempre foi um celeiro de craques. E reflete bem a situação atual da classificação, onde apenas o Santos lidera o Grupo A. O Santo André lidera o Grupo B (e a classificação geral), a Inter de Limeira o Grupo C e o Guarani o Grupo D.

No comando da Seleção da Rodada, alguém também do Interior: Felipe Conceição, do Red Bull Bragantino. Aos poucos, parece que ele vai entendendo como se disputa o Paulistão e acertando a mão no time de Bragança.


Artur: bem no Bragantino
Artur: bem no Bragantino

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA SEXTA RODADA DO PAULISTÃO:
Jeferson Paulino (Guarani);
Lucas Mendes (Ferroviária), Felipe Melo (Palmeiras), Bruno Aguiar (Novorizontino) e Matheus Viña (Palmeiras);
Tchê Tchê (São Paulo), Corrêa (Ituano) e Branquinho (Santo André);
Dadá (Água Santa), Arthur (Red Bull Bragantino) e Hygor (Ferroviária).
Técnico: Felipe Conceição (Red Bull Bragantino)


CONFIRA COMO FOI A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro: Jefferson Paulino (Guarani)
O contestável goleiro bugrino teve um dia de elogios da torcida no empate contra o Novorizontino. Graças à três grandes defesas, Jefferson Paulino foi decisivo para seu time não fosse derrotado no sábado e acabou sendo eleito pela Rádio Central de Campinas o "capa branca do jogo", como melhor em campo.

Outros goleiros também brilharam na rodada, como Everson, do Santos, que segurou o ‘Calor da Ferrinha’ além de Tiago Volpi e Cássio que fizeram pelo menos uma defesa espetacular cada um no clássico do Morumbi.

Lucas Mendes: boas qualidades
Lucas Mendes: boas qualidades

Lateral-direito – Lucas Mendes (Ferroviária)
É hoje uma peça essencial para a Ferrinha, não só por ser bom na marcação como uma ligação para apoio ao ataque. Faz bons cruzamentos e tem força nos braços para as cobranças de laterais.

Foi campeão ano passado da Copa Paulista pelo São Caetano. Agora, bem adaptado, cresceu bastante e tem sido fundamental.

Zagueiro: Felipe Melo (Palmeiras)
O xerifão é marrento, mas ninguém pode questionar as suas qualidades técnicas.

Tem se adaptado bem à função de zagueiro, sem perder a consciência com a bola nos pés e a chance de ir à grande área adversária. E o técnico Vanderlei Luxemburgo já avisou: quando tiver jogo ‘mais pegado’ ele vai usar Felipe como volante.

Zagueiro: Bruno Aguiar (Novorizontino)
Bem experiente tem sido importante no esquema do técnico Roberto Fonseca, ajudando acertar o posicionamento da defesa e organizando todo o sistema de marcação. Tanto que o time tem a melhor defesa, com apenas dois gols sofridos em seis jogos. Diante do Guarani além de marcar bem, ainda conseguiu marcar o gol do time no empate em Campinas, por 1 a 1.

Lateral-esquerdo: Matheus Viña (Palmeiras)
Logo na sua estreia com a camisa do Verdão confirmou as qualidades técnicas que foram decantadas antes de sua contratação. Marca bem, mas demonstrou mais qualidades no apoio, com habilidade no pé esquerdo e facilidade nos cruzamentos.

Volante: Tchê-Tchê (São Paulo)
Apesar do clássico entre São Paulo e Corinthians ter terminando com o placar zerado e as muitas chances de gols desperdiçadas, um jogador se sobressaiu dos lados tricolor. Trata-se de Tchê-Tchê, que deu estabilidade ao meio-campo dos donos da casa e ainda apareceu algumas vezes como homem surpresa no ataque.

Volante: Corrêa (Ituano)
Panela velha é a que faz comida boa. Esse ditado traduz o que é o volante Corrêa para o Ituano. O jogador passa sem ser muito percebido, mas tem uma importância gigantesca ao Galo. Na vitória contra a Ponte Preta, por 1 a 0, não foi diferente. Ele carregou o 'piano', deu belos passes e liderou o time à vitória. Merece destaque.

Dada: rápido e agressivo
Dada: rápido e agressivo

Meia-atacante: Branquinho (Santo André)
Atacante ou meia. Não importa. Branquinho tem feito sua parte ofensiva no Santo André.

Foi um dos destaques na vitória por 1 a 0 sobre a Inter de Limeira no Limeirão pela sexta rodada. Branquinho serviu Ronaldo no gol da vitória.

Ele ainda criou uma chance em chute firme e quase fez de carrinho. O goleiro rival, porém, defendeu com os pés.

Atacante: Dada (Água Santa)
Entrou muito bem na partida contra o Botafogo, impondo sua velocidade e seu futebol agressivo. Marcou um gol e participou de outras jogadas importantes no ataque. Alguns o chama de Dadá (com acento). Foi bem coadjuvado pelo meia Luan Dias, outra criação da base do Netuno que continua em ascensão.

Atacante: Artur (Bragantino)
Depois de um período fora do time por contusão, voltou com tudo na vitória por 3 a 0 em cima do Oeste. Marcou um gol e deu outro de bandeja para Claudinho fechar a fatura dentro do Nabizão. Esta foi mesmo uma boa contratação, ao contrário de outras como Thonny Anderson e Matheus Jesus.

Hygor (dedo na boca): papel tático
Hygor (dedo na boca): papel tático

Atacante: Hygor (Ferroviária)
Deu corpo ao ataque do time de Araraquara, desempenhando papel tático importante. Segura bem os zagueiros e abre espaços para a chegada de seus companheiros. Tem potencial e muito a evoluir com a camisa da Ferrinha.

Técnico: Felipe Conceição (Bragantino)
Parece ter encontrado a melhor forma do time atuar, pelo menos deixou isso parecer na vitória convincente sobre o Oeste por 3 a 0. Usando dois volantes, marcou a saída de bola do adversário e tratou logo de ficar na frente no placar.

O seu desafio, agora, é encontrar o melhor posicionamento para o meia Claudinho, que entrou no final e marcou um gol. É só não inventar e deixar Claudinho rodando, aparecendo no meio campo para armar jogadas e no ataque para dar assistências ou concluir. Desta forma ele brilhou na Série B em 2019.

Felipe Conceição é quem comanda essa seleção de craques
Felipe Conceição é quem comanda essa seleção de craques