Seleção Série B do Futebol Interior tem 11 selecionáveis de clubes diferentes

No comando da Seleção FI está o técnico Marcelo Cabo que conquistou um feito inesperado. Vale a pena conferir !

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) – A 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro mostrou o equilíbrio da competição e isso se reflete na Seleção da Rodada do Futebol Interior.

Com os líderes Cuiabá e Paraná tropeçando, a disputa pelas primeiras posições ficou ainda mais acirrada e outros times como CRB, Avaí, CSA e Vitória se destacaram. São 11 selecionáveis de 11 times diferentes. Se você acha que sabe quem vai ganhar no Brasileirão, use o Código Promocional Sportingbet e aproveite todas as ofertas.

No comando da Seleção FI está o técnico Marcelo Cabo que conquistou um feito inesperado. Mesmo após uma expulsão do goleiro Victor Souza do CRB no primeiro lance do jogo, o time alagoano ainda conseguiu vencer o Botafogo-SP por 2 a 1 em pleno estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Confira a Seleção da 11ª Rodada da Série B:
________________________________________________________________________________________________________________

Goleiro: Edson Mardden (CRB)
Entrou em uma fogueira ao substituir Victor Souza, expulso, logo no minuto inicial. O goleiro, então, se transformou no verdadeiro herói, fazendo defesas milagrosas para assegurar o triunfo do CRB por 2 a 1 para cima do Botafogo com um jogador a menos.

Se tivesse torcida, sairia de campo ovacionado e ele nem estava 100% fisicamente. João Ricardo, da Chapecoense, também fez boas defesas no empate sem gols com o América-MG.
_______________________________________________________________________________________________________________

Lateral-direito: Lucas Ramon (Cuiabá)
O Cuiabá não conseguiu vencer o Operário, mas o lateral Lucas Ramon foi peça fundamental no empate por 1 a 1. Além de conter os avanços adversários por seu setor, foi ele quem deu início à jogada do gol de empate, marcado por Felipe Ferreira.

Zagueiro: Fabrício (Paraná)
Num jogo em que prevaleceu a força de marcação,m ele se destacou pela firmeza e segurança que garantiram o empate fora de casa. Não foi suficiente para reconquistar a liderança, mas para deixar o time na vice-liderança.

Equilíbrio em Chapecó
Equilíbrio em Chapecó

Zagueiro: Joilson (Chapecoense)
Desta vez, a obrigação do time era atacar, mas de repente, a Chape se viu pressionada pelo visitante América Mineiro.

Mais uma vez a defesa se mostrou firme, entre eles, o zagueiro Joilson. A Chape tem a melhor defesa da competição, com apenas três gols sofridos em nove jogos.

Lateral-esquerdo: Bidu (Guarani)
Titular absoluto da posição no Guarani, Bidu é um dos jogadores de maior destaque do Bugre na Série B, apesar da campanha inconstante. Nesta rodada, ele marcou um bonito gol contra o Figueirense no empate por 2 a 2 no Orlando Scarpelli.
______________________________________________________________________________________________________

Volante: Sousa (Brasil de Pelotas)
O volante do Xavante foi incansável no empate por 1 a 1 com o Paraná. Contra um dos times mais fortes da competição, ele mostrou muito vigor físico e qualidade na marcação para impedir que o adversário chegasse com frequência ao ataque.

VITÓRIA VIROU SOBRE OESTE
VITÓRIA VIROU SOBRE OESTE

Meia: Pedro Castro (Avaí)
Foi o cara que deu três pontos para o Avaí na vitória por 1 a 0 diante do Cruzeiro fora de casa. O meia teve boa atuação e foi decisivo. Ele foi o motorzinho da equipe e ainda ajudou o sistema defensivo, sendo um multifunções.

Meia: Ewandro (Vitória)
O Vitória só bateu o Oeste porque Ewandro deixou o banco de reservas para mudar o jogo. Ele fez duas belas jogadas para o segundo e o terceiro gols e garantiu não apenas a virada, mas também o placar de 3 a 1. Ele teve a companhia do oportunista Léo Ceará, que marcou dois gols.

________________________________________________________________________________________________________________
Atacante: Pedro Júnior (CSA)

O ataque do CSA foi de tirar o chapéu na vitória por 3 a 2 para cima do Juventude. Pedro Júnior jogou muita bola, não deu sossego para a defesa e foi deixando logo dois gols. O faro de artilheiro pode ser crucial na busca do time alagoano por seus objetivos dentro da competição. Contou com a ajuda de Paulo Sérgio.

CSA mandou bem contra o Juventude
CSA mandou bem contra o Juventude

Atacante: Breno Lopes (Juventude)
O Juventude também teve Breno Lopes em dia de artilheiro. Apesar da derrota para o CSA, o jogador chamou a responsabilidade e foi a principal válvula de escape da equipe.

Quando tudo parecia perdido, ele bateu no peito e recolocou o Ju no jogo. A equipe gaúcha ainda tentou, mas não conseguiu empatar.

Atacante: Bruno Rodrigues (Ponte Preta)
Eleito pela equipe gabaritada da Rádio Futebol Interior - Rádio FI - como o melhor em campo na virada da Macaca sobre o Confiança por 2 a 1. Ele marcou um belo gol de falta, além de ter outro gol anulado de forma equivocada pela arbitragem. Participou ativamente do jogo, desafogando o meia João Paulo, cada vez mais vigiado pelos adversários.

________________________________________________________________________________________________________________

Técnico: Marcelo Cabo (CRB)

Marcelo Cabo: vitória especial
Marcelo Cabo: vitória especial

O grande feito da rodada foi a vitória do CRB. O time alagoano teve o goleiro Victor Souza expulso logo no início e disputou praticamente toda a partida contra o Botafogo-SP com a menos.

Mesmo assim, Marcelo Cabo comandou seus jogadores a uma vitória por 2 a 1, em pleno estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, resultado muito comemorado após o apito final e que dá moral para a sequência da competição.