Luxemburgo minimiza salários atrasados no Vasco após vitória no clássico

Durante a semana, o treinador revelou que ainda não recebeu desde que chegou ao clube

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 20 (AFI) - Não é segredo para ninguém que o Vasco da Gama vive um momento financeiro delicado. Durante a semana, Vanderlei Luxemburgo revelou que ainda não viu a cor do dinheiro desde que chegou em São Januário. O treinador, porém, garante que isso não interfere dentro de campo.

Após a vitória no clássico deste sábado, sobre o Fluminense, por 2 a 1, em São Januário, o treinador falou sobre a delicada questão financeira que vive o Vasco e revelou um acordo que fez com o presidente Alexandre Campello.

O técnico Vanderlei Luxemburgo minimizou a questão financeira do Vasco da Gama
O técnico Vanderlei Luxemburgo minimizou a questão financeira do Vasco da Gama
"A obrigação do Vasco é reconhecer que tem que pagar salários dos jogadores, da comissão técnica e dos funcionários. E eles reconhecem issi. Sabemos que vamos passar dificuldades ao longo do ano, mas fiz um acerto com o presidente de que todo mundo vai para as férias com tudo em dia", afirmou Luxemburgo.

Com a vitória no confronto direto do Fluminense, o Vasco da Gama chegou aos 12 pontos e respirou em relação a zona de rebaixamento, subindo para a 14ª colocação. O time volta a campo no próximo sábado, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pela 12ª rodada.