Time do Brasileirão fecha com goleiro do São Paulo que agrediu a esposa

Jean foi emprestado pelo Tricolor ao Atlético-GO até o fim do ano e já está em Goiânia

Publicado em .

Jean foi emprestado pelo Tricolor ao Atlético-GO até o fim do ano e já está em Goiânia

Goiânia, GO, 13 (AFI) - Com o contrato suspenso pelo São Paulo após ter sido preso em Orlando por ter agredido a esposa durante as férias, o goleiro Jean está de casa nova. Ele vai defender o Atlético-GO em 2020.

Jean tem contrato com o São Paulo até 2022 e não foi dispensado porque o clube teria que desembolsar uma boa quantia financeira. Como é de conhecimento público, o Tricolor não tem muito dinheiro em caixa.

O goleiro Jean foi emprestado pelo São Paulo ao Atlético-GO
O goleiro Jean foi emprestado pelo São Paulo ao Atlético-GO
Assim, a diretoria resolveu apenas suspender o contrato do goleiro até que aparecesse um clube interessado em seu futebol. O Ceará havia sondado a situação do jogador, mas acabou recuando depois da repercussão negativa entre os torcedores.

Emprestado até o fim do ano, Jean já está em Goiânia para iniciar os trabalhos com os novos companheiros. No Atlético-GO, ele vai brigar por uma vaga entre os titulares com Maurício Kozlinski.

Revelado nas categorias de base do Bahia, Jean tem 24 anos e foi contratado pelo São Paulo em 2018, mas não conseguiu se firmar. No ano passado, esteve em campo apenas uma vez. Ao todo, são 19 partidas com a camisa tricolor.

O QUE ACONTECEU!
Em dezembro do ano passado, quando passava férias com a família em Orlando, nos Estados Unidos, Jean agrediu a esposa Milena Bemfica com oito socos após um desentendimento. A mulher fez um vídeo no Instagram acusando o jogador e relatando também ameaças.

O goleiro tricolor ficou um dia preso e foi solto sem o pagamento de fiança, mas o processo pelo crime de violência doméstica ainda corre na Flórida. Foi determinado que Jean mantenha distância da esposa.