Paulista A2: Lusa promove inclusão e criança com Down entra em campo com atletas

Pequeno Miguel Ângelo, de nove anos, foi pela primeira vez ao Canindé, em ação realizada pelo Departamento Feminino do clube

Publicado em .

Pequeno Miguel Ângelo, de nove anos, foi pela primeira vez ao Canindé, em ação realizada pelo Departamento Feminino do clube

São Paulo, SP, 24 - O Departamento Feminino da Portuguesa realizou uma espetacular ação na estreia da equipe na Série A2. O pequeno Miguel Ângelo, de nove anos, portador de Síndrome de Down, foi pela primeira vez ao Canindé e entrou em campo com os atletas.

REALIZAÇÃO

“Hoje é um daqueles dias para guardar na caixinha das realizações. Mig entrou em campo com os jogadores da Portuguesa”, disse Fernanda Cammarota, mãe do agora torcedor rubro-verde, ao NETLUSA

PROJETO

Foto: Divulgação / NETLUSA
Foto: Divulgação / NETLUSA

A diretora do Departamento Feminino da Lusa, Camila Castanheira, explicou o projeto de abraçar crianças deficientes.

“Nós abrimos nosso e-mail aqui na Portuguesa, criamos um camarote nas tribunas exatamente para receber essas crianças e vamos fazer todo o possível, dentro dos limites impostos pela Federação Paulista, para que elas possam entrar em campo e viver esse sonho. É uma causa pela qual vamos trabalhar e vamos incluir todas as crianças no mundo da Portuguesa”, afirmou.