Série B: Chapecoense anuncia retorno de atacante que estava na Europa

Formado nas categorias de base da própria Chapecoense, Perotti tem contrato com o clube de Chapecó (SC) até 2023

Publicado em .

Formado nas categorias de base da própria Chapecoense, Perotti tem contrato com o clube de Chapecó (SC) até 2023

Chapecó, SC, 11 (AFI) - O atacante Pedro Perotti está de volta à Chapecoense. O clube catarinense anunciou, nesta terça-feira, que o empréstimo dele com o Nacional, de Portugal, terminou e o jogador já teve o nome registrado no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"O bom filho a casa torna. Tem Cria do Condá de volta à Arena! Depois de passagem pelo futebol português, Perotti defenderá, novamente, o manto alviverde! O nome do atleta já está publicado no BID e ele estará à disposição de Umberto Louzer nos próximos compromissos da temporada", comemorou o clube nas redes sociais.

O bom filho... (Foto: Márcio Cunha /ACF)
O bom filho... (Foto: Márcio Cunha /ACF)
EM CASA!
Formado nas categorias de base da própria Chapecoense, Perotti tem contrato com o clube de Chapecó (SC) até 2023. Em Portugal, ele fez 15 jogos.

"É como se estivesse voltado para casa, é esse sentimento que eu estou tendo. Voltando muito mais maduro, muito mais preparado, sinto que foi muito importante essa vinda a Europa, esse período que passei aqui cresci muito, tanto dentro como fora de campo", comemorou o atacante.

ROUBO!
Fora de campo, a notícia não é tão boa. Integrantes da comissão técnica da Chapecoense tiveram o apartamento roubado na madrugada desta terça-feira. Segundo o clube, não houve contato com os criminosos, mas inúmeros pertences foram furtados. O mais prejudicado foi o auxiliar técnico Gabriel Remédio.

Nos itens furtados - uma mochila do clube com notebook branco da marca Dell, carregador, HD externo da marca Seagate, dois cadernos de treino, apito, entre outros materiais de trabalho - há "informações profissionais e todo o trabalho da temporada da Chapecoense".

A Chapecoense teve sua partida contra o CSA adiada após o clube nordestino registrar 18 casos de Covid-19. O jogo seria válido pela segunda rodada da Série B.